Presbiterianos podem ser “padrinhos” de casamento?

Publicado em: 27 de julho de 2021 Por: Rev. Ageu Magalhães

Não podem. O Supremo Concílio se posicionou contra esta prática em 1974: 

“CE-74E2-015Doc. XV – Quanto ao Doc. 49 Consulta do PCPN (Presbitério de Campinas) Sobre Participação de Crentes Como Testemunhas em Casamentos Realizados Pela Igreja Católica Apostólica Romana. – O Supremo Concílio resolve: Considerar passíveis de disciplina, os membros da Igreja Presbiteriana do Brasil, que participarem, como testemunhas, em casamentos realizados pela Igreja Católica Apostólica Romana e de outras confissões não evangélicas.”

Na Igreja Católica Apostólica Romana matrimônio é sacramento. Logo, quem participa como testemunha em um casamento católico participa ativamente de um sacramento romanista, papista.




Compartilhe nas redes!

Newsletter

Inscreva-se para receber novos artigos do Blog.



Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Artigos Relacionados:


Pode o Conselho indicar o nome do Pastor?

Publicado em: 4 de agosto de 2021 Por: Rev. Ageu Magalhães
É possível fazer reunião de concílio pela internet (online)?

Publicado em: 26 de julho de 2021 Por: Rev. Ageu Magalhães
É possível receber membro que discorde do Batismo Infantil?

Publicado em: 21 de julho de 2021 Por: Rev. Ageu Magalhães
É possível fazer assembleia online para eleição de oficiais?

Publicado em: 10 de julho de 2021 Por: Rev. Ageu Magalhães
Por que o Art. 33 diz que o pedido do Conselho quanto a pastor tem que ser “sem designação” de nome?

Publicado em: 6 de julho de 2021 Por: Rev. Ageu Magalhães
Pode um Presbitério ordenar um candidato sem licenciá-lo antes?

Publicado em: 2 de julho de 2021 Por: Rev. Ageu Magalhães