Os liberais são assim…

Os liberais que rastejam na Igreja possuem algumas características:

1°) Identificam-se como reformados;

2°) Não escrevem aquilo que pensam – fazer isso seria produzir provas contra si mesmos;

3°) Querem poder, mas não trabalho – se você quer encontrá-los, não procure onde o trabalho está sendo distribuído, mas onde há cargos importantes sendo votados;

4°) São mentirosos. Quando confrontados, negam;

5°) São covardes. Quando denunciados não assumem o que pensam – retiram vídeos do ar, apagam artigos da internet, excluem contas nas redes sociais;

6°) São parasitas. Mesmo discordando da doutrina e das resoluções da Igreja, vivem dela, sugando recursos e gerando crias;

7°) São infiéis. Na ordenação prometem lealdade aos Símbolos de Fé e à Constituição da Igreja e, no primeiro impasse, quebram as promessas.

Sobre estes escreveu Judas (12-16). Contra estes devemos lutar, para o bem da Igreja de Cristo.

4 comments on “Os liberais são assim…”

  1. Danilo Costa Responder

    Infelizmente homens desse nipe têm se instalado nas igrejas reformadas e também, obviamente, na IPB que é a maior igreja reformada do Brasil. Mas quanto a estes, não tenho dúvidas que, cairão.
    Que o Senhor continue levantando homens íntegros, fiéis, tementes e compromissados com a Sua maravilhosa obra.
    Felizmente, a IPB, de minha cidade é dirigida por pastores e presbíteros fiéis ao Senhor Jesus. Que Ele conserve a Sua Igreja sempre, e em especial aqui em minha terra.
    Graças e glória tão somente ao Senhor!

  2. Flavio Silva Responder

    Correto, há o ditado de que quem não deve não teme.
    Porém, se me permite só considerar mais alguns pontos sobre as exclusões de artigos ou posts.

    1- Acontece comigo de vez enquanto, a preocupação com processos judiciais (Não sei sei isso é esquizofrenia). Hoje em dia se falar muito mal de alguém corre o risco de ofensa moral gerando problemas.

    2- E na verdade todos falam coisas às vezes que não desejariam depois ter dito, principalmente quem é perfeccionista.

    Sou Assembleiano, a paz do Senhor.

  3. Anonymous Responder

    Esta descrição que o irmão faz sobre os liberais ocorria nas décadas de 1980 e 1990. Hoje eles já estão mais escancarados, assumindo o que pensam, tudo porque estão encontrando igrejas que não enfatizam as doutrinas e, portanto, terreno fértil para plantar quase que qualquer tipo de ideia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *