Pastores Transexuais Presbiterianos

O título é chocante, mas graças a Deus não se refere à Igreja Presbiteriana do Brasil. Tratam-se de acontecimentos ligados à PCUSA, a maior denominação Presbiteriana dos EUA. Há tempos esta denominação tem se desviado dos caminhos da Escritura e se conformado com o mundo. Muito embora haja ali, ainda, alguns crentes fiéis tentando fazer resistência contra as heresias da denominação (http://www.layman.org) esta igreja tem andado a passos largos para a perdição. Veja abaixo alguns vídeos que comprovam isto:


Pb. “Sara” Herwig. Steve Herwig passou a perseguir o ministério em 2001, 7 anos depois de trocar o “Steve” por “Sara”, através de uma cirurgia de mudança de sexo. Depois desta mudança, divorciou-se de sua esposa Billie Preston com quem teve uma filha. Em Setembro de 2002 ele foi aceito como candidato ao Ministério pela Primeira Igreja Presbiteriana de Waltham, Massachusetts.




Rev. “Erin” Swenson. Eric Karl Swenson mudou seu nome para Erin Katrina Swenson. Já era pastor quando decidiu parar de lutar contra o pecado. Em 1994 passou a tomar hormônios femininos e pediu à denominação o reconhecimento de sua nova identidade. Erin Swenson é pastora da PCUSA, atuante no presbitério Norte de Atlanta.





Embora a Assembléia Geral da Igreja não tenha aprovado a ordenação de homossexuais, parece que trata-se apenas de uma questão de tempo, pois vários concílios já têm aprovado o casamento gay em suas igrejas. Veja abaixo reportagem envolvendo o Presbitério de Baltimore, em Maryland.




No vídeo abaixo, veja o coral gay Chicago Gay Men’s Chorus se apresentando na Igreja Presbiteriana de Lake View, em 2008.

Por fim, veja o movimento gay da PCUSA chamado More Light Presbyterians na Capital Pride Parade 2009, parada gay norte-americana.





6 comments on “Pastores Transexuais Presbiterianos”

  1. Eleita Responder

    Lamentável, Rev. Ageu. Mas é o cumprimento de 2 Tm 4.3:
    Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo os seus próprios desejos,
    Infelizmente vivemos nesse tempo.
    Mas é bom saber que ainda temos pastores fiéis à Escritura. Soli Deo Gloria.

  2. Cicero Responder

    Lamentável e um alerta a todos nós. Alerta para nós mesmos, pois quem está em pé, veja e que não caia e um alerta para nos debruçarmos cada vez mais na santa palavra para rebater ventos de doutrina como o liberalismo. Oremos por esses homens. Não com empáfia nem julgamento mas em Cristo.

  3. Marcelo Batista Dias Responder

    Caro Rev.

    Graças a Deus nossa IPB está se saindo ilesa.
    Digo isso porque temos em nosso país o surgimento de várias igrejas do "seguimento gay" inclusive aqui em BH.
    Que Deus nos livre de cair nesta armadilha diabólica chamada secularização.

    Abrçs.
    Marcelo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *